categorias

  • movies
  • Music
  • Photos
  • videos
  • Works
  • arquivos

  • tag cloud

  • Siba Veloso no SESC Santana

     

    Na revista TPM deste mês

    Foto: Rogério Alonso

    Nina Pandolfo, 35 anos, anda feliz da vida. Este ano, a paulistana fez sua primeira exposição individual em Londres, na galeria The Outsiders. Intitulada “Feelings”, teve enfoque na feminilidade. “Teve boa aceitação, vendeu bem, até carta fofa de criança eu recebi”, conta. No momento, trabalha na obra que estará na ArtRio, Feira Internacional de Arte Contemporânea do Rio de Janeiro, em setembro. “Vou estar representada pela galeria Leme, mas ainda não posso contar o que é”, desconversa. Com paixão por todo tipo de bicho, Nina não tem pudor em assumir o lado lúdico que pauta seus objetos preferidos.

     

    Feelings – Londres

     

    FEELINGS

    Exposição individual na galeria Lazarides em Londres.

     

    SP-Arte

    Esta semana começa a oitava SP-Arte.

    Dos dias 10 a 13 de maio das 14 as 22 hs.

     

    Trabalhando para uma nova exposição

     

    TEMPOS DE PAZ

    Tempos de Paz é um filme brasileiro de 2009 dirigido por Daniel Filho. Ele foi baseado na peça teatro de Bosco do Brasil chamada “Novas diretrizes em tempo de Paz”.

    A História se passa no Rio de Janeiro em 1945. Uma época onde centenas de pessoas haviam sido presas e torturadas pelo regime de Vargas. Mas com a pressão externa devido o fim da segunda guerra mundial, varios presos politicos ganham a liberdade. Um polones sonha em entrar no Brasil mas é barrado por um oficial da alfandega.

    Descrevendo assim, parece apenas mais um filme sobre fugitivos da guerra, ou da consequencia do regime que sofremos no Brasil neste periodo, ou ainda apenas mais um filme nacional sem graça, como muitos ainda consideram o cinema brasileiro.

    Mas ao contrario, é um filme bem intenso. Tudo começa como um filme normal, mas quando Segismundo (Tony Ramos) um ex oficial da policia politica de Vargas, um ex torturador que agora trabalha como chefe da imigração na Alfandega no Rio de Janeiro, tendo como função não permitir a entrada de nazistas ao pais, impedi a entrada de Clausewitz (Dan Stulbach), um ator polones que pede a entrada como agricultor.

    Neste momento o filme cria um outro tom, principalmente quando o Segismundo desafia Clausewitz a faze-lo chorar com suas memorias.

    É neste momento do filme que estes dois grandes atores, nos envolvem nos dialogios cheios de emoções e sentimentos. Somos envolvidos em suas recordações, em seus medos, em suas paixões de uma forma que nem percebemos que tudo esta acontecendo num mesmo cenário e com apenas estes dois protagonistas em cena. Isto pra muitos poderia ser sinal de algo monótono, mas não, é ai que vemos estes dois grandes artistas mudarem tudo, nos vemos presos naquela sala, naquelas lembranças, naqueles pensamentos.

    Para quem tem interesse, este é o trailer do filme. Mas garanto que vale muito a pena assisti-lo inteiro.

     

    Siba em uma nova fase

    Pra quem lembra-se da Banda “Mestre Ambrosio” e “Siba e a Fuloresta do Samba” sabe muito bem o talento deste atista pernambucano Siba Veloso. Músicas como “Fua na casa de Cabral”(Mestre Ambrosio) ou ainda “Toda vez que dou um passo o mundo sai do lugar”(Siba e a Fuloresta do Samba) que por acaso foi indicado ao Grammy são prova disto.

    Depois de mais ou menos 20 anos sem tocar guitarra, Siba lança o CD “Avante” tocando guitarra e cantando em parceria com o Tubista Léo Gervázio, o baterista Samuca Fraga e o tecladista Antonio Loureiro.

    A ultima faixa deste CD, Siba dedica a canção “Bravura e Brilho” ao filho Vicente, que também esta na capa.

    Esta é uma versao curta de um documentario chamado “Nos bales da tormenta”, para quem não conhece este artista é uma oportunidade de conhece-lo e para quem já conhece… bom, para quem já conhece vai conhecer ainda mais.

     

    Entrevista para o Portal DaquiDali

    Esta foi uma entrevista que adorei ter feito.

    Foi muito legal receber minha querida amiga Eliana e a equipe do DaquiDali (http://daquidali.com.br/) em meu atelie.

    Vejam como ficou o resultado. No final tem uma surpresinha!!!! rs…..

    Espero que gostem.

     

    A magia das mãos

    Recebi este video via email de uma pessoa muito querida.

    A primeira coisa que me veio a cabeça quando vi o filme, foi lembrar de minha infancia.

    Lembrei de algumas noites  que houveram queda de energia logo após chuvas fortes.

    Uma vela acessa pra mim era motivo de festa. Usava aquela luz fraca e amarelada da vela para projetar sombras na parede.

    Era realmente muito bom isto.

    Acho que as pessoas que fizeram este filme brincaram muito com luz de vela….rs

     
    Page 2 of 131234510...Last »